E você não me conhece, eu não conheço você.
Te escrevo por absoluta necessidade. Não conseguiria dormir outra vez se não te escrevesse.

Caio F.

O blues já valeu a pena.

terça-feira, 15 de maio de 2012

teu livro

E quando penso em você... Esperar um tempo ah mais não é nada demais. 
E quando penso em você... Brigo com uma alma em mim que ás vezes não te esquece.
Antes me esqueço. Antes te aqueço. Antes te dedico um jardim de rosas. Antes de te conhecer amor era só uma palavra. Agora que te conheço amor é você. E quando penso em você... Os sinos tocam. As palmas se tocam. E quando digo ''se''. Você aparece por trás da lua, debaixo da cama  e dança feito bailarina, e baila feito uma flor saindo do chão. E eu te admiro, esse teu riso.

E